terça-feira, 21 de julho de 2015

Pelas coisas que quebrei e que não posso mais consertar... Pelas palavras que proferi e que não posso mais calar... Pelos erros que cometi e que não posso mais apagar... Perdoa-me eu, perdoa-me você, perdoa-me Deus.