sexta-feira, 30 de novembro de 2012

Quando a noite é longa...

Linda canção do grupo R.E.M.




Todo Mundo Se Machuca

Quando seu dia é longo
E a noite - a noite é solitária,
Quando você tem certeza de que já teve o bastante desta vida,
Continue em frente

Não desista de si mesmo,
Pois todo mundo chora
E todo mundo se machuca, às vezes...

Às vezes tudo está errado,
Agora é hora de cantar sozinho.
Quando seu dia é uma noite solitária (aguente firme, aguente firme)
Se você tiver vontade de desistir (aguente firme)
Se você achar que teve demais desta vida,
Para prosseguir...

Pois todo mundo se machuca,
Consiga conforto em seus amigos.
Todo mundo se machuca...
Não se resigne, oh, não!
Não se resigne
Quando você sentir como se estivesse sozinho.
Não, não, não, você não está sozinho...

Se você está sozinho nessa vida,
Os dias e noites são longos,
Quando você sente que teve demais dessa vida para
seguir em frente

Bem, todo mundo se machuca
Às vezes, todo mundo chora
E todo mundo se machuca, às vezes
Mas todo mundo se machuca, às vezes
Então aguente firme

(7x)
aguente firme, aguente firme...

Todo mundo se machuca

Você não está sozinho

quinta-feira, 25 de outubro de 2012

sexta-feira, 21 de setembro de 2012

Balança Estados x Federação


Caros leitores...

1 - Não tenho como confirmar os dados abaixo, só estou apresentando.

2 - Cuidado com o coração ao analisar, não vá ter um ataque.. nem de alegria nem de pânico, por favor!

3 - Não culpe governos pontuais por esses números.. eles fazem parte de toda um contexto (histórico, geográfico, social e político) e de como as indústrias se esparramaram pelo território nacional através do tempo. Resumindo, não seja mais um idiota metendo o pau em um ou outro governo.

4 - Ainda falando sobre política, lembre-se de que nem sempre uma vitória é fruto de competência, e nem sempre uma derrota é fruto de incompetência. No caso, muitos dos fatores citados acima acabam sendo mais determinantes do que a habilidade ou a nulidade de governantes.

5 - E se você é paulista - COMO EU - por favor, não me venha com essa ladainha de que São Paulo carrega o País nas costas... isso enche o saco. Até porque ele é forte mas não é o único... e se é forte,  você deve se orgulhar disso!

Bom.. posto isso... Os dados são de 2009 e foram obtidos no site do "Instituto Ludwig von Mises Brasil" (http://www.mises.org.br), que é uma "associação voltada à produção e à disseminação de estudos econômicos e de ciências sociais que promovam os princípios de livre mercado e de uma sociedade livre" - segundo sua própria descrição.


Estado Quanto paga ao governo federal  Quanto recebe do governo federal Défcit/Superávit
Maranhão 1.886.861.994,84 9.831.790.540,24 -7.944.928.545,40
Bahia 9.830.083.697,06 17.275.802.516,78 -7.445.718.819,72
Pará 2.544.116.965,09 9.101.282.246,80 -6.557.165.281,71
Ceará 4.845.815.126,84 10.819.258.581,80 -5.973.443.454,96
Paraíba 1.353.784.216,43 5.993.161.190,25 -4.639.376.973,82
Piauí 843.698.017,31 5.346.494.154,99 -4.502.796.137,68
Alagoas 937.683.021,32 5.034.000.986,56 -4.096.317.965,24
Pernambuco 7.228.568.170,86 11.035.453.757,64 -3.806.885.586,78
Rio Grande do Norte 1.423.354.052,68 5.094.159.612,85 -3.670.805.560,17
Tocantins 482.297.969,89 3.687.285.166,85 -3.204.987.196,96
Sergipe 1.025.382.562,89 3.884.995.979,60 -2.859.613.416,71
Acre  244.750.128,94 2.656.845.240,92 -2.412.095.111,98
Amapá 225.847.873,82 2.061.977.040,18 -1.836.129.166,36
Rondônia 686.396.463,36 2.488.438.619,93 -1.802.042.156,57
Mato Grosso 2.080.530.300,55 3.864.040.162,26 -1.783.509.861,71
Roraima 200.919.261,72 1.822.752.349,69 -1.621.833.087,97
Mato Grosso do Sul 1.540.859.248,86 2.804.306.811,00 -1.263.447.562,14
Goiás 5.397.629.534,72 5.574.250.551,47 -176.621.016,75
Amazonas  6.283.046.181,11 3.918.321.477,20 2.364.724.703,91
Espírito Santo 8.054.204.123,90 3.639.995.935,80 4.414.208.188,10
Santa Catarina 13.479.633.690,29 5.239.089.364,89 8.240.544.325,40
Minas Gerais 26.555.017.384,87 17.075.765.819,42 9.479.251.565,45
Paraná 21.686.569.501,93 9.219.952.959,85 12.466.616.542,08
Rio Grande do Sul 21.978.881.644,52 9.199.070.108,62 12.779.811.535,90
Rio de Janeiro 101.964.282.067,55 16.005.043.354,79 85.959.238.712,76
São Paulo 204.151.379.293,05 22.737.265.406,96 181.414.113.886,09

quinta-feira, 23 de agosto de 2012

Torcedor mais pé-frio do Fogão na Copa Sul-Americana - Tem coisas que só...

O cara foi cantar numa boa, num link da transmissão da Globo do jogo Botafogo e Palmeiras pela Copa Sulamericana... e no meio da musiquinha do torcedor, sai um gol do Verdão... que azar!! hahaha

segunda-feira, 6 de agosto de 2012

Jotinha na aula de direção

João Paulo tendo aula de direção... O vídeo está cortando um pouco, mas assista mesmo assim, porque os diálogos são bem engraçados... Abraços a todos!

segunda-feira, 21 de maio de 2012

Herrera detona!

O cara fez três gols e lá vêm os chatos da Globo com essa babaquice de "pedir música" como se todo mundo fosse otário. Mas o Herrera mandou ver. hehehe

segunda-feira, 14 de maio de 2012

se aperfeisoe!

É como eu digo cempre... temos que tar estudando muito se aperfeisuano nososs conceito as coisa que tao no dia dia se quizer ce perfeito.

(Frase inspirada em alguns poetas da internet).

quinta-feira, 10 de maio de 2012

Nosso Universo


Demora um pouco para carregar... mas depois que carrega, você fica viajando!
Clica e espera, que vale a pena!

http://htwins.net/scale2/scale2.swf?bordercolor=white

Superdica do meu amigo Fernando.

segunda-feira, 7 de maio de 2012

Provérbio de Çabedoria do dia.

"Aqueles que nunca chegaram é porque nunca partiram."

ou

"Aqueles que nunca chegaram é porque não sabem o caminho."

ou

"Aqueles que nunca chegaram, é porque estavam fazendo algo melhor pra fazer do que ficar andando por aí."

E tenho dito.

quinta-feira, 3 de maio de 2012

A velha senhora e o meio ambiente


Na fila do supermercado o caixa diz uma senhora idosa que deveria trazer suas próprias sacolas para as compras, uma vez que sacos de plástico não eram amigáveis ao meio ambiente.

 A senhora pediu desculpas e disse:
- Não havia essa onda verde no meu tempo.

O empregado respondeu:
- Esse é exatamente o nosso problema hoje, minha senhora. Sua geração não se preocupou o suficiente com nosso meio ambiente.

 - Você está certo - responde a velha senhora - nossa geração não se preocupou adequadamente com o meio ambiente.

Naquela época, as garrafas de leite, garrafas de refrigerante e cerveja eram devolvidos à loja. A loja mandava de volta para a fábrica, onde eram lavadas e esterilizadas antes de cada reuso, e eles, os fabricantes de bebidas, usavam as garrafas, umas tantas outras vezes.

Realmente não nos preocupamos com o meio ambiente no nosso tempo. Subíamos as escadas, porque não havia escadas rolantes nas lojas e nos escritórios. Caminhamos até o comércio, ao invés de usar o nosso carro de 300 cavalos de potência a cada vez que precisamos ir a dois quarteirões.

Mas você está certo. Nós não nos preocupávamos com o meio ambiente. Até então, as fraldas de bebês eram lavadas, porque não havia fraldas descartáveis. Roupas secas: a secagem era feita por nós mesmos, não nestas máquinas amboleantes de 220 volts. A energia solar e eólica é que realmente secavam nossas roupas.

Os meninos pequenos usavam as roupas que tinham sido de seus irmãos mais velhos, e não roupas sempre novas. Mas é verdade: não havia preocupação com o meio ambiente, naqueles dias. Naquela época só tínhamos somente uma TV ou rádio em casa, e não uma TV em cada quarto. E a TV tinha uma tela do tamanho de um lenço, não um telão do tamanho de um estádio; que depois será descartado como?

Na cozinha, tínhamos que bater tudo com as mãos porque não havia máquinas elétricas, que fazem tudo por nós. Quando embalávamos algo um pouco frágil para o correio, usamos jornal amassado para protegê-lo, não plastico bolha ou pellets de plástico que duram cinco séculos para começar a degradar.

Naqueles tempos não se usava um motor a gasolina apenas para cortar a grama, era utilizado um cortador de grama que exigia músculos. O exercício era extraordinário, e não precisava ir a uma academia e usar esteiras que também funcionam a eletricidade.

Mas você tem razão: não havia naquela época preocupação com o meio ambiente. Bebíamos diretamente da fonte, quando estávamos com sede, em vez de usar copos plásticos e garrafas pet que agora lotam os oceanos.

Canetas: recarregávamos com tinta umas tantas vezes ao invés de comprar uma outra. Abandonamos as navalhas, ao invés de jogar fora todos os aparelhos 'descartáveis' e poluentes só porque a lámina ficou sem corte. Na verdade, tivemos uma onda verde naquela época.

Naqueles dias, as pessoas tomavam o bonde ou de ônibus e os meninos iam em suas bicicletas ou a pé para a escola, ao invés de usar a mãe como um serviço de táxi 24 horas. Tínhamos só uma tomada em cada quarto, e não um quadro de tomadas em cada parede para alimentar uma dúzia de aparelhos.

E nós não precisávamos de um GPS para receber sinais de satélites a milhas de distância no espaço, só para encontrar a pizzaria mais próxima. Então, não é risível que a atual geração fale tanto em meio ambiente, mas não quer abrir mão de nada e não pensa em viver um pouco como na minha época?

Com os devidos créditos para PROFº. OSMAR 66-81****43

sexta-feira, 13 de abril de 2012

Acrescentando drama em sua vida!

Em uma praça qualquer da Bélgica, onde nada demais acontece e o sossêgo reina, alguém colocou um botão e um aplaca dizendo "Aperte para acrescentar drama."

Veja o que aconteceu.

sexta-feira, 17 de fevereiro de 2012

Ficha Limpa

O Brasil é o País do Carnaval?

Talvez.

Mas agora tá também no caminho de ser um País de justiça!

Definitivamente aprovada a Lei da Ficha Limpa. Parabéns ao Supremo! Veja os nomes abaixo!

Político condenado acostumado a ser reeleito eternamente não entra mais, nem que compre um vagalhão de votos.

Adeus Dirceu! Adeus Roriz, Jefferson, Valdemar da Costa Neto, João Paulo Cunha, Severino Cavalcanti, Jader Barbalho.

Aqui no Mato Grosso já podemos dar "tchauzinho" para os políticos velhos e carimbados:

Riva, Chica Nunes, Bosaipo, Roberto França, Chico Galindo, Sérgio Ricardo, Eliene Lima, Thelma de Oliveira, Jaime Campos, Carlos Bezerra, PEDRO HENRY (meu Deus esse aqui é pra comemorar com carnaval de 30 dias!) ...

Então galera.. BOM CARNAVAL E FELICIDADES PARA TODOS!!

Tá melhorando... #VaiBrasil!!

terça-feira, 10 de janeiro de 2012

Surto psicótico ??

Ontem dia 9, um cara teve um tipo de "surto" psicótico - ou algo que o valha - e saiu batendo contra os carros e ônibus e disparando sua arma contra cidadãos comuns em São Paulo.

Atirando, ele começou roubando um taxi. Cruzou um sinal vermelho e bateu em dois carros. Desceu atirando, baleou um motorista, tirou uma mulher do carro à força e roubou seu carro, e acelerou, sempre atirando. Mais a frente, bateu em um ônibus, roubou o terceiro carro e dirigiu até o centro. Lá, roubou ainda o quarto carro, e abandonou numa região periférica do centro. E depois disso sumiu.

Detalhe: ele tem 33 anos, mora em um condomínio de luxo em Cotia, não trabalha e vive de aplicações financeiras.

Deve ter muito tempo para jogar GTA.

Metallica - Nothing Else Matters

terça-feira, 3 de janeiro de 2012

Orkut já foi bom. Facebook também.

O Orkut no início era legal. Você encontrava antigos amigos, consolidava os de então, participava de grupos por afinidades e interesses, e, baseados neles, ampliava seu círculo de amigos.

Mas logo a boa idéia foi varrida por uma enxurrada de pessoas e suas ações estúpidas, que acabaram por transformar aquilo num imenso depósito de lixo, com barracos fantásticos, sem falar das imagens sem noção, ícones da mais absoluta e total pobreza de espírito que parece assolar os brasileiros em sua maioria.

Agora, pelo jeito, o facebook vai seguir pelo mesmo caminho. Estou vendo por aí tolices de toda natureza, imagenzinhas ridículas com setinhas apontando e dizendo "esta pessoa faz isso", "esta pessoa faz aquilo", "esta pesso cansou sei-lá-do-quê"...

E vamos lá... com muito esforço e um trabalho bem orquestrado e unido, conseguiremos transformar o facebook também, em um imenso depósito de lixo.

Quem concorda, bota uma imagem de duckface aí!

Teste de LOUCOção