segunda-feira, 15 de junho de 2009

Faça uma canção

Faça uma canção nova
Que expresse toda sua fúria
Não se conforme com padrões
Nem com palpites de gente insana

Faça tua canção com as labaredas
Que emanam da tua ardente vida
Faíscas dessa paixão que te preenche o peito
Mas que não tem saída

Faça uma loucura, mostra tua cara
Jogue nessa tela baldes de tua tinta
Lance o teu corpo sobre a aquarela
Rasgue o véu, grita o que sente

A tua arte será admirada pelos que não a entendem
E você irá admirar esse novo ser presente: você.

Nenhum comentário: