sexta-feira, 30 de janeiro de 2009

Coisa de gente a tôa - Parte I



Com vocês, o mega sucesso da hit parade internacional... FLORA FONTINI emmmmmmm... BEIJINHO DÔÔÔCE!!!!

domingo, 25 de janeiro de 2009

Por enquanto - Cássia Eller




Por enquanto
Interpretação : Cássia Eller
Autor:Renato Russo

Mudaram as estações, nada mudou
Mas eu sei que alguma coisa aconteceu
Está tudo assim tão diferente...

Se lembra quando a gente chegou um dia a acreditar
Que tudo era pra sempre, sem saber, que o pra sempre
Sempre acaba...

Mas nada vai conseguir mudar o que ficou
Quando penso em alguém só penso em você
E aí, então, estamos bem...

Mesmo com tantos motivos pra deixar tudo como está
Nem desistir, nem tentar agora tanto faz
Estamos indo de volta pra casa...

Mesmo com tantos motivos pra deixar tudo como está
Nem desistir, nem tentar agora tanto faz
Estamos indo de volta pra casa...

Passagem

O que eu vou dizer aqui, provavelmente eu não deveria dizer - não aqui. Mas digo para que isso fique registrado de hoje para sempre, neste meu diário que praticamente ninguém lê, mas que eu, por alguma razão, insisto em preencher.

Deus me deu graciosamente tudo o que eu sempre precisei, muitas coisas até precocemente. Muita saúde, disposição para o trabalho, oportunidades... pessoas muito legais, algumas excepcionais passaram pela minha vida.

Mas hoje em especial eu me sinto estranho justamente por ter percebido que a vida é uma sucessão descobertas, seguida de uma sucessão de perdas.

Portanto eu quero agradecer a você, que passou pela minha vida. Você teve uma importância enorme para mim. Eu sou grato, sim a Deus, por ter colocado você em minha vida. E eu entendo que as pessoas devem seguir seu caminho e que nada é eterno. Absolutamente nada durará para sempre, a não ser Deus, creio eu, e aquilo que ele permitir.

E eu entendo perfeitamente que eu continuarei aqui, e você aí, e nada impedirá que nos vejamos, que continuemos a vida, e nada sequer impedirá que continuemos a nos ver e tudo o mais. Mas também entendo que uma fase acabou aqui, que um patamar foi alcançado, e que algo novo está começando agora.

Eu sinceramente desejo que você continue, cresça cada vez mais, alcance constantes momentos de grande felicidade e que eles sejam mais numerosos que os de frustração, tristeza e medo. Porque uma pessoa feliz é essa: a que possui momentos bons, mais numerosos que momentos ruins.

Não reclamo, não me revolto, nem me deprimo. Bom... um pouquinho só, talvez. Mas o crucial é que você saiba que eu amo você com todas as forças que um pai ama seu filho.

O que eu disse aqui, provavelmente eu não deveria ter dito - não aqui. Mas disse para que isso ficasse registrado para sempre, neste meu diário que praticamente ninguém lê, mas que eu, por alguma razão, insisto em preencher.

Talvez justamente por isso.

quarta-feira, 21 de janeiro de 2009

Metáfora

Veja de longe aquele homem pasmo
Enclausurado em seu labirinto
Lançai os ciscos àquele recinto
Deixai sofrer, do tempo, o sarcasmo

Mas veja bem aquele homem extinto
Não se dá conta que vive um marasmo
Sua vida inteira é um único espasmo
Enclausurado em seu labirinto

Sucumbe um pouco a cada alvorada
Toda sua vida nesta vã jornada
A cada escolha entre um não e um sim

Não se dá conta que correr é nada
Que não há luz no fim daquela estrada
Que o labirinto é por si só, um fim

terça-feira, 13 de janeiro de 2009

BBB

Meus caros.

Infelizmente, para a maior humilhação e vergonha desse país Brasil, começa hoje o festival de mediocridade, o evento maior da mais rasteira e chula demonstração de cretinice, a mais categória demonstração da futilidade e da imbecilidade humanas...

...o BBB.

Lamento, sinceramente e muito, por todos aqueles que empurram para baixo as estatísticas desse nosso pobre Brasil, parados assistindo à pornografia implícita, sentadinhos com seus filhinhos na sala, permitindo que se coloquem os valores mais resíveis e superficiais na cabeça de seus filhos, crianças e adolescentes, e exercendo seu voyeurismo mais descarado.

Mas é como dizem os malditos cínicos: não quer ver? Desligue a televisão!...