quinta-feira, 21 de fevereiro de 2008

Only time

Sem comentários....

Eu acredito no amor

Acredito ensse sentimento inexplicável chamado amor
Acredito que eu algum lugar escondido dentro do coração de alguém
Está a flor que irá desabrochar
Acredito que estarei lá no momento certo
Acredito que verei ainda com esses olhos a chama que consome
A chama eterna que não consome as lágrimas
Porque são lágrimas de felicidade

Acredito que terei o contato da pele, do cheiro, da cor
Do jeito de olhar e de acariciar
Daquele amor que nasceu e foi colocado neste mundo para uma missão
A missão de completar a minha missão
A missão de fazer de dois
Um único ser

Eu acredito nessa idéia absurda
Tão esquecida, tão cafona, tão antiquada para alguns
E tão desejada, almejada, sonhada por muitos

Eu acredito, sinceramente, do fundo do meu coração
Acredito no amor.


Your Song

Elton John / Bernie Taupin - 1970

Esta é uma daquelas canções simples, mas ao mesmo tempo um clássico monumental, eterno, que exprime sentimentos do mais profundo de um coração romântico. Foi composta num único dia de grande inspiração dos ainda garotos Elton e Bernie, e faz estrondoso sucesso pelo mundo afora há quase 40 anos.

É uam canção que qualquer um pode pegar... enviar para a pessoa que ama... e dizer: essa canção é para você.

E vai agradar.


Sua canção

Elton John / Bernie Taupin

É um pouco engraçado, esse sentimento aqui dentro
Não sou um daqueles, que facilmente conseguem esconder
Não tenho muito dinheiro, mas, cara, se eu tivesse
Eu compraria uma casa grande onde nós dois pudéssemos viver

Se eu fosse um escultor, mas de novo não sou,
Ou um homem que faz poções num programa de viagem
Eu sei que não é muito, mas é o melhor que posso fazer
Meu dom é minha canção, e essa é pra você.

E você pode dizer pra todo mundo, essa é sua canção,
Pode parecer bastante simples, mas agora que está feita
Eu espero que não se importe
Eu espero que não se importe
Que eu tenha colocado em palavras
O quão maravilhosa é vida enquanto você está nesse mundo.

Sentei no telhado e chutei pra longe o musgo
Bem, um pouco dos versos, eles me vieram à cabeça

Mas sol estava bastante bondoso enquanto eu escrevia essa canção
É por pessoas como você, que ele continua aquecendo.

Assim, perdoe-me pelo esquecimento, mas essas coisas acontecem
Você sabe que eu esqueço, se eles são verdes ou azuis
De qualquer forma, a coisa é, o que quero dizer é que
Os seus são os mais doces olhos que eu já vi.

terça-feira, 19 de fevereiro de 2008

O fundamentalismo: uma crítica à superficial religião atual

Mundo

A terceira guerra mundial será religiosa. Extremistas de um lado, contra extemistas de outro, mas ambos do mercado, ambos do poder. A religião será apenas um pano de fundo, um argumento, um grito às massas, para quem empunhem suas armas com convicção e muita motivação.

Por que será, eu tento entender, que os homens lutam para impôr sua visão à força?

Se a questão religiosa é sempre implícita, por que será que querem impôr aos outros sua visão particular? Tipo: você é obrigado a receber a salvação que vem da minha FÉ! E mais: em decorrência do benefício dessa salvação - e até mesmo para mantê-la - é necessário que você viva sob determinados paradigmas. Por exemplo: não pode isso, não pode aquilo. Tem que fazer isso ou aquilo todos os dias três vezes: de manhã, de tarde e de noite.

O extremismo é uma merda, sempre será. É a incrível capacidade humana de distorcer uma ideologia ou filosofia, dando a ela contornos de fundamentalismo, de obrigação, de questão de vida ou morte.

Ora gente, a salvação é uma questão espiritual, portanto subjetiva, envolve a vontade ou capacidade de uma pessoa em crer. E viver sob um conjunto de regras, leis e obrigação, não significa que se crê naquilo. Muitas vezes que se está acostumado. Ou até mesmo, o que se quer é simplesmente manter-se vivo, que o digam os países que vivem sob a orientação fundamentalista.

Brasil

Aqui no Brasil vivemos uma situação parecida, com o crescimento de igrejas neopentecostais - que por si só não oferecem perigo algum. Viva a pureza e a inocência!! O problema, não só delas como de qualquer corrente fiolosófica ou religiosa é o recrudescimento da hipocrisia, normalmente expressa na cara de alguns líderes que manipulam a fé dos inocentes - alguns até ingênuos - para, em última análise, seu benefício pessoal.

Vamos analisar o caso da Igreja Universal, por exemplo: não é algo difícil de enxergar, é simples. O dinheiro das doações não paga impostos. A receita da Igreja é quase toda isenta, assim como de qualquer outra religião, da católica ao candomblé. Mas está sendo usada para construir um império empresarial SIM. A empresa mais evidente é a Rede Record, porque é mídia, mas tem muitas outras, corretoras, transportadoras, etc, etc, etc.

Mas no caso da Record por exemplo, a igreja paga um valor muito maior pelo horário televisivo para transmitir o chatíssimo "Fala que eu te escuto", que quase ninguém vê, e dessa forma transfere-se dinheiro da igreja para o negócio, de forma limpa e totalmente dentro da lei obviamente, porque afinal de contas o cristão é aquela criatura amável, que ama o seu irmão, que oferece a outra face e que jamais peca.

Ouça uma pregação de um pastor da Universal e você verá um clone do Macedo. Até os dedinhos tortos, e o sotaque carioca puxadíssimo você vê em cada pastor... mesmo que ele tenha nascido em lugares como o interior do Tocantis ou a Serra Gaúcha. Impressionante.

Há alguns anos eu era um católico crítico, e que sempre vi com maus olhos a opulência e a exuberância da igreja romana, somada à preguiça e à condição muitas vezes hipócrita de muitos e muitos de seus sacerdotes - para falar a verdade, a maioria...

Mas não imaginava que no próprio meio protestante fosse surgir uma nova católica, bem piorada diga-se por sinal, em que tudo se trata na urgência, em que não se aconselha e nem se tratam os problemas de ninguém - na verdade os patores não sabem resolver, não querem resolver, fazem tudo para passar bem longe dos problemas das pessoas e até, sempre que possível, atribuem esses problemas às próprias pessoas. E se nada der certo, tem a saída padrão: ação de demônios.

Nessa nova fé que se vê por aí, não se ensinam os princípios mais elementares da fé cristã, não se traz palavras de conhecimento e profundidade bíblica, não se pratica o diálogo com outras correntes religiosas, nem o respeito, nem mesmo com o "homem secular" como lá se diz. É triste, é lamentável...

E assim, do islamismo ao cristianismo capitalista, os líderes religiosos estão conseguindo realizar o impensável: afastar as pessoas da fé... E aproximar o mundo do extremismo!...

terça-feira, 12 de fevereiro de 2008

Antonio Marcos

Um poeta jovem e profundamente romântico, ícone da música brasileira de tempos passados, e totalmente desconhecido dos jovens da atualidade. Seu estilo de música hoje, seria chamado de brega, mas para mim, sempre e eternamente, um clássico autor da poesia e da música romântica, que merece ser lembrado e guardado para sempre em nossos corações.

Um homem que viveu sua vida em função de sua missão, que era sua arte. Amou e foi amado com toda plenitude, mas infelizmente, preso em imensas desenvolturas e vítima de sua frágil estrutura emocional, foi vencido por um dos terríveis males contemporâneos.

Mas deixou sua música, marca de sua história, de sua visão e de seu imenso talento.



segunda-feira, 4 de fevereiro de 2008

Cansaço

Cara.. como eu tô cansado ultimamente. Dizem que quando se está muito cansado, é mais difícil pegar no sono. Tão difícil quanto acordar na manhã seguinte. Difícil se concentrar no trabalho. Difícil pronunciar frases inteiras sem tropeçar em uma sílaba ou outra. Difícil até pensar em alguma diversão: só se quer cama, cama e cama.

Por isso eu tomei uam decisão em minha vida, muito importante. Vou tirar férias!

Sim, mas só do trabalho noturno. O diurno ainda não dá.