sexta-feira, 24 de agosto de 2007

O gigante

Não espere o tempo a pagar para ver
Nem por esperar enquanto age o vento
Se levantará o nobre com o argumento
Que suas ações se façam entender

Seu corcel impávido a levantar olhares
Cruzará os céus e se fará notado
Com poder e força, o rosto flamado
A buscar a única entre as milhares

Moverá os céus, pilares, firmamentos
Andará os passos de seus sentimentos
E em suas mãos, por sinal, a flor

Estremeçam povos, curvem-se a gente
O herói lhe busca o que a si pertence
Única em milhares, o seu grande amor.

Sangra a mim

Se sangra meu peito, meu choro, agudo
contido e sereno repousa meu canto
se em contos e versos revelo meu pranto
a culpa é tua, meu anjo, meu tudo

Se choro segredos, e em versos desnudo
O puro e intenso calor do meu manto
Se rasgo alma minha ao meu desencanto
a culpa é tua, minh'alma, meu mundo

Me quebro, me esqueço, me largo, abandono
me solto, me deixo, me entrego ao sono
me lavo das águas em que me atiraste

Não sei mais do senso das coisas corretas
só sei das palavras que expressam os poetas
das mesmas palavras que me vomitaste

quarta-feira, 22 de agosto de 2007

Vida

quero tanto aprender a vida, essa personagem fantástica
essa misteriosa autora... quero tanto descobrir sua mente!

tenho tanta fome
de entender tudo o que não entendo....

vida que nos arrasta através de fatos
sobre os quais não temos o mínimo controle

que nos afasta de quem mais amamos, pelo tempo e pelo espaço...
e cinicamente nos coloca na rota de quem nos odeia, e a quem odiamos...
(isso quando não faz com que permaneçamos apegados em sentimentos a quem nos odeia!)

vida que nos dá o amor e felicidade a conta-gotas
e ódio e tristezas aos baldes

vida que transforma heróis em vilões sem nunca terem sido nem uma nem outra coisa

eu amo a vida, sou grato e não abro mão dela... mas eu queria entender direito como funciona
queria poder corrigir alguns erros tidos por outros como incorrigíveis
queria poder perdoar a quem eu não suporto nem tenho capacidade para tolerar

queria poder viver o amor e a felicidade todos os minutos do dia
e ser feliz mesmo com as dificuldades

Procura

E assim caminho
entre amor e medo
entre paz e choro
sonho e segredo
sem saber direito
se é real ou sonho
se é tenro ou bruto
se é doce ou medonho

Sem saber ao certo
se é fim, começo
se é raro o custo
se é caro o preço
sem saber ao menos
se é puro, pecado
se é justo, injusto
se é certo, errado

Sem saber notícia
se é triste mesmo
se a tristeza é breve
se ela vem a esmo
sem saber de nada
sem ser bem querido
Sem ousar meu grito
Ser sequer ouvido

E assim caminho
Entre rôtas rotas
entre espinheiros
entre linhas tortas
procurando abrigo
procurando pão
esperando o amigo
esperando a mão...

Ventos

Que esperas tu? Um amor insano?
Que esperas ver? Um senhor galante?
que desejas tu? Um nobre amante?
Que desejas ter? Um amor cigano?

O insano amor se me fez triste dano
O galante homem se me fez pequeno
O amante nobre se me fez veneno
O amor mais louco se me fez engano...

Desejamos tudo, nada conquistamos
Sombras e vapores, ventos e orvalhos
nos premiam dores que conosco temos

Mas a dor aguda que mais lamentamos
Não é a que temos por não ter vivido
Mas foi a do dia em que nos perdemos...

terça-feira, 21 de agosto de 2007

Fly Away From Here - Aerosmith

(frederickson/chapman)

You gotta find a way
yeah, i can't wait another day
ain't nothin' gonna change
if we stay 'round here
gotta do what it takes
cuz it's all in our hands
we all make mistakes
yeah, but it's never too late
to start again, take another breath
and say another prayer

Then fly away from here

anywhere, yeah, i don't care
we'll just fly away from here
our hopes and dreams are
out there somewhere
won't let time pass us by
we'll just fly

If this life gets any harder now

it ain't ,no, never mind
you got me by your side
and any time you want
yeah, we can catch a train and
find a better place
yeah, cuz we won't let nothin'
or no one keep gettin' us down
maybe you and i
can pack our bags and hit the sky

And fly away from here
anywhere, yeah i don't care
we'll just fly away from here
our hopes and dreams are out there somewhere
won't let time pass us by
we'll just fly

Do you see a blue sky now?

you can have a better life now
open your eyes
cuz no one here can ever stop us
they can try but we won't let them
no way
maybe you and i
can pack our bags and say goodbye

And fly away from here

anywhere, honey, i don't care
we'll just fly away from here
our hopes and dreams are out there somewhere
fly away from here
yeah anywhere honey
i don't i don't i don't care
we'll just fly...

sábado, 11 de agosto de 2007

Um dia típico em minha vida

Não sou nem candidato a popstar, por falta de vários itens indispensáveis, a começar por talento, beleza e grana. Mas há quem tenha curiosidade em saber o que faço da vida no cotidiano. Aos que têm lá essa morbid...digo... curiosidade, segue meu relato de um dia típico:

Entre 7 e 8 horas em me levanto e, obviamente como todo o resto do mundo, faço minha higiene pessoal - coisas como escovar os dentes, lavar o rosto, tomar um banho etc. Quer dizer banho não. Bom.. er...... de vez em quando.

Saio para o trabalho por volta das 8 a 8:30hs. No meu Fiestinha 98 amassado. Coloco Aerosmith para tocar, pois é bom começar o dia ouvindo boa música. E saio me achando... como se estivesse numa S10 tunada. Meto o pé no carango e vou embora. Às vezes, com um pouco de sorte, consigo pegar até 70 nele. Juro que já consegui umas duas vezes. Na descida.

O trajeto ao trabalho é rápido, leva cerca de 10 minutos em linha reta, ou 10 minutos dando uma volta de uns 5 km por outro setor. Considere isso uma piadinha sutil sobre o engarrafamento.

Ao chegar leio meus emails, respondo o que tiver que responder e mergulho no trabalho. Daí sim, eu me concentro legal, porque trabalho eu levo a sério mesmo. Afinal é de lá que eu tiro a gasolina do meu carro, a querosene do meu helicóptero, o óleo do meu iate e o caviar dos meus 12 pitbulls... aqueles que ficam em minha casa no... Pantanal.

O dia é todo envolvido em programas de computador, demonstrações de sistemas, treinamento de usuários e atendimento online. Vale para mim e também para meus 4 colegas. Li esses dias que 1 em cada 5 pessoas tem algum tipo de problema mental. Como eles parecem normais o retardado devo ser eu. Brincadeira hahahah... lá a proporção não bateu. Nenhum dos 5 é normal. Obs: isso inclui a secretária.

Meu almoço é num restaurante de preços acessíveis que fica do outro lado da avenida. Eu almoço todos os dias lá.... quer dizer.... todos os dias que eu tenho ânimo suficiente para atravessar a passarela. Não me chame de preguiçoso! Considere que... há uma certa indisposição, eventualmente, em caminhar demais no horário do almoço... (Fatores como calor, cansaço, umidade relativa do ar e alertas de Tsunami devem ser considerados).

Quando dá 17:30hs em ponto eu junto meus cacarecos e levanto vôo para o meu segundo emprego, que é no setor de tecnologia de um órgão do estado, e no qual eu tenho que bater ponto antes das 18:00hs. Falando assim parece tão chique, né... rsrsrs... Saiba que eu tenho que encarar turnos em fins de semana, feriados, ou seja... tem um preço a ser pago nisso tudo aí.

É curioso esse emprego no estado. Como não inventaram um jeito de cobrar impostos da alma ainda, eu sigo pagando impostos só como pessoa física e jurídica mesmo. Se eu sou um contribuinte e um funcionário público ao mesmo tempo, logo, eu sou meu próprio empregador. Ou pelo menos sou um dos que pagam meu próprio salário.

Epa... peraí... eu pago "x" de impostos... eu ganho "y"... PÔ! Eu trabalho de graça!!

Certo... deixa pra lá.
Bom, saio do trabalho a ZERO horas de um novo dia. Ou seja, eu começo meus dias voltando para casa. Durmo sempre rapidinho. Assim que termina o JÔ. E a sessão corujão.

E é isso... minha rotina. Se você não está chorando ainda é porque não leu direito. A propósito, seja um parceiro investidor. Se você se sentiu tocado por essa mensagem, não seja negligente.. ouça a voz do seu coração e bota uma grana na minha conta. Vai estar ajudando um maior abandonado a tirar o pé da lama... e finalmente adquirir a TV de plasma que tanto sonhou!

Teoria da conspiração

O absurdo Duro de Matar 4 me fez pensar numa coisa possível. O que um ser humano precisa de mais básico para viver?

Imagine que o mundo de repente, devido a um problema qualquer corriqueiro, desses que acontecem todo dia - como um asteróide se chocando contra a Terra, por exemplo - fique sem tecnologia.

Imagina o mundo sem energia elétrica, sem telefone, TV, rádio, internet, celular. Sem gás, água tratada, etc.

Aliás não pensa no mundo não. Pense em você mesmo. Você sobreviveria a um mundo sem tecnologia? Eu talvez, não dá pra saber. Mas o pessoal do sítio iria. Eles têm tudo lá que precisam. As galinhas, os porquinhos, as vaquinhas. A hortinha... A plantação de arroz, milho e café.

Considerando que haja saúde, oxigênio é o item primário. O secundário é comida.

Taí, vou comprar um sítio.
Talvez eu consiga sobreviver a um cataclisma.

quinta-feira, 9 de agosto de 2007

Amizade Homem x Mulher existe?

Mito é o nome que se dá à tentativa de explicar algo nada simples de explicar . E uma lenda, é tudo aquilo que não pode ser provado.

Amizade entre homem e mulher... para uns é mito, para outros é lenda, mas para mim é algo possível. Se tivesse que resumir, eu diria que tá mais para mito.

A questão passa pelo possível enlace emocional que a proximidade provoca. Amizade entre homem pode (não quer dizer que vai) acabar em flerte, o flerte em paixão, e a paixão em sabe-se lá o quê... tudo é possível daí em diante, basta apenas usar criatividade e, dependendo da situação coragem e discrição.

Mas eu, que sou homem e tenho amigas, inclusive meu maior amigo é uma MULHER, fico me perguntando...

- Um HOMEM que afirma que amizade com mulher existe... fica mais predisposto à amizade com uma mulher bonita do que com uma ... digamos... não tão bonita?

- Um HOMEM vai ter liberdade de conversar qualquer coisa, inclusive buscar algum aconselhamento, com uma MULHER? (Considerando que há assuntos que são realmente íntimos, ou seja, provocam uma exposição de sua própria natureza e, cá entre nós, é típico de muitos não expor-se, e em especial suas fraquezas...)

Invertam-se os termos HOMEM e MULHER das perguntas acima e fica valendo para vocês mulheres também.. rsrsr