quarta-feira, 6 de junho de 2007

Derrotas

É assentados no solo frio da derrota, às vezes esgotados pela batalha, que os guerreiros se sentem os seres mais desafortunados.

Todos os guerreiros têm medo da derrota. Todos eles têm medo da morte. Todos têm medo do que vem depois.

E todos os guerreiros, quando derrotados, vislumbram esse momento de solidão, tristeza e dor interior.

Alguns guerreiros ficarão presos nesse momento moral pelo resto de suas vidas. Permanecerão assentados ali contemplando os vencedores e lamentando sua pouca força, sua pouca sorte, ou sua pouca fé.

Mas para outros guerreiros, entretanto, esse momento irá durar somente o tempo suficiente para a lição ser assimilada. Para saberem que a derrota faz parte da batalha. E para saber que vencedor é o guerreiro que luta com sua alma, com seu corpo, e com seu espírito.

Eu suspiro em meu coração, que você seja um guerreiro como este último.

Nenhum comentário: