sexta-feira, 13 de abril de 2007

Desatenção

Um homem esquece seu filho de pouco mais de um ano dentro do carro em Guarulhos por algumas horas. Resultado: a criança, exposta a um calor infernal dentro do carro, dada sua fragilidade, não suporta e morre. Qual a causa? Irresponsabilidade? Fatalidade? Consequência da vida agitada que a gente leva nas grandes cidades hoje em dia?

Acho que nada explica uma situação dessas. É daquelas coisas que se costuma dizer por aí... "Pode acontecer com qualquer um". Mas pode mesmo? Você me responda: você esqueceria seu filho? Você ficaria dentro da sua casa, sem se dar conta da ausência de seu próprio filho? Como explicar uma coisa dessas?...

Leia o a notícia aqui: http://noticias.terra.com.br/brasil/interna/0,,OI1545620-EI5030,00.html

Eu tenho uma empatia enorme, costumo me entristecer ou me alegrar com a situação de gente que nem sequer conheço, só de ler uma notícia, ver uma foto, ou coisas assim. E posso dizer que estou transtornado com essa notícia aí. Me dá um misto de revolta e dó.

Nenhum comentário: