sexta-feira, 17 de novembro de 2006

imperfeito

A vida é muito imperfeita. Eu não consigo entender sua lógica. Talvez a lógica da própria vida seja não ter lógica e eu é que fico insistindo em encontrar isso nela.

A rota imperfeita da história parece navegar entre canais e sulcos, como a água ocupa aleatóriamente os espaços pelo caminho aonde escorre. Mas mesmo a água escorrendo pelo chão segue uma lógica - a dos espaços disponíveis - enquanto a vida parece não seguir nenhuma.

Eventos novos acontecem o tempo todo, aparecem inesperadamente: uma paixão, uma morte, uma doença, uma oportunidade - às vezes perdida, uma escolha necessária - às vezes errada.

E na parte das escolhas eu costumo tentar seguir a lógica da razão, e não do coração. Será que eu aprendo um dia?

Nenhum comentário: