segunda-feira, 23 de outubro de 2006

O amor

Sandro Beraldo

Tão complicado e tão simples
tão simples e tão complicado
a ciência exata do querer ser feliz
a arte de amar e ser amado...

Faz do luto, o nascer do sol dourado
faz do grito, um silêncio apreciável
faz do medo, um prazer inexplicável
faz do cinza, um arco-iris encantado.

O amor, tão de repente revelado
Descoberto num lugarzinho isolado
bem na cara, diante do nariz

Quem o encontra, acaba salvo por um triz
Acha o caminho para finalmente ser feliz
Descobre o gôsto de amar, e ser amado...

Um comentário:

solange disse...

Ola meu amigooooooo!! a unica maneira que encontrei melhor de te dar os parabens foi por aki rsrssum monte de besitosssss vc e especial!!!!!!!rsrsrssssss