segunda-feira, 24 de julho de 2006

achados e perdidos

Tem acontecido umas coisas bem bacanas comigo nesses últimos dias. Algumas pessoas quer passaram pela minha vida - amigos, colegas de escola - têm retornado. Parece coincidência, mas esses amigos têm me procurado - e encontrado - com a ajuda da internet, sem que soubessem uns dos outros.

É como se houvesse um movimento em comum, as pessoas procurando antigas amizades, procurando umas às outras. Eu mesmo andei fuçando por aí por esses dias. Acabei encontrando alguns amigos, para os quais deixei alguns recados e, vá lá, quem sabe me respondam.

Me faz lembrar que minha própria gata, antes de qualquer coisa, foi minha colega de escola também.

Tem uma música do Oswaldo Montenegro que sugere que cada um faça uma lista de seus maigos de 10 anos atrás, só para saber quantos deles você conseguiu manter como amigos após tanto tempo. A música é essa aqui: A Lista.

Você que tá lendo: não tá na hora de fazer o mesmo, dar uma olhada por aí, rever velhas amizades, restaurar alguma coisa que ficou perdida no passado? Da vida a gente não leva muita coisa. E do pouco que se leva, nem mesmo um fiozinho é material. Portanto, deixa de bobagem e mãos a obra.

Nenhum comentário: