sábado, 24 de junho de 2006

Transmissão ao vivo

Hoje, por concidência, estou no trabalho preparano a instalação do nosso sistema de informática em uma empresa. E, por coincidência a TV está ligada, e começou a transmissão ao vivo do jogo Argentina e México.

Então resolvi fazer dessa minha primeira experiência de pegação no pé do Galvão ao vivo. Vou tentar registrar alguma coisa dele, hehehe.

Então vamo lá.
PRIMEIRO TEMPO
15:00 - Começa CORINTHIANS x MÉXICO. (Ei... aqui onde eu estou começa às 15:00 mesmo...)
15:03 - Pausa para eu ir ao banheiro.
15:07 - GOL DO MÉXICO!! Que momento mágico!!!
15:09 - Ainda que mal lhe pergunte... "Corte de cabeça" não seria uma expressão meio dúbia?!
15:09 - GOL DA ARGENTINA!! Que porcaria!!
15:11 - O Galvão dá uma demonstração de sua estranha admiração pelos pibes argentinos, entoando uma canção conhecida dos torcedores portenhos, muito bem decorada, por sinal.
15:17 - Depois de uma falta de um argentino, o Galvão disse que o juiz podia trocar seu sorriso por um cartão. Já o Arnaldo disse que é comum árbitros europeus acharem graça das faltas. Deve ser uma diversão ser árbitro na Europa.
15:18 - Da série frases curiosas: "Perigosa enfiada do Cambiasso!"
15:24 - A primeira vez na vida que eu vejo o Arnaldo reconhecer que não prestou atenção. Deu uma opinião esquisita, e em seguida tascou: "Ou será que eu tô enganado?!". Foi legal. hihihihih
15:35 - Na terça feira "Prepare seu coração" pela primeira vez no jogo.
15:36 - Biba la milonga muchachooo!!
15:39 - O Galvão está especialmente inspirado em suas análises táticas hoje. Não narrou 10 minutos do jogo, entre prognósticos, projeções, comentários e análises. Que aliás são importantíssimas para a compreensão do jogo em si, claro.
15:40 - Entrou o vocalista do Scorpions no time do México.
15:41 - Maradona, sempre um torcedor entusiasmado da Argentina. Na verdade, eletrizado. Quase tendo um treco. Por que será?!
15:45 - Momento cultural. Galvão e mais uma musiquinha da torcida argentina. Tinha que ver que camisa é essa que o cara tem por baixo do uniforme, hein.
15:46 - Arnaldo e uma observação brilhante sobre a constante insistência da bola em passar pelo meio do campo, cruzando o caminho do juiz. Isso o força a pular, de vez em quando.
15:48 - Legal BATE BOCA do Galvão com o Arnaldo, sobre um lance de regra. Uma falta do argentino. Não importa, quero ver é porrada.
Ah... cabou o primeiro tempo sem uma gota de sangue sequer.

INTERVALO
Como não encontraram nenhuma comunidade de mexicanos que tivesse o mínimo de beleza para mostrar na TV, então criaram uma comunidade de brasileiros torcendo pelo México. Tinha mexicano de Campos do Jrodão, mexicano de Minas Gerais... etc. O importante é ter o que mostrar. E no nosso caso, melhor ver isso do que ser cego.

Mas a observação que eu destaco é a - finalmente confessada - paixão do Galvão Bueno pela Argentina. Isso explica, com certeza, muita coisa. Aliás, segundo o Galva, lá come-se muito bem.
Tá bom então né.

SEGUNDO TEMPO
Boas perspectivas. É no segundo tempo que o Galvão Bueno sai com as melhores pérolas.
16:05 - Aquilo que no começo o Galvão Bueno chamou de um time que "joga uma coisa parecida com futebol", agora "atropelôôôu o time da Suécia e já está nas quartas".
16:06 - O Galva perguntou pro Arnaldo "Por que é que você tá balançando a cabeça?". Ah... se o Arnaldo tivesse criatividade.
16:07 - Não sei porque me sinto um idiota quando o Galvão vira para um dos comentaristas e traduz o que o cara disse, começando com... "Vamos explicar melhor que é para o pessoal de casa entender...".
16:08 - Da série frases curiosas: "Quem sai pelo meio é Torrado!..."
16:22 - Da série frases curiosas: "O jogo pára porque o Guardado tá caído ali no meio!..." ou ainda "O Guardado levou uma pancada."
16:30 - Aó o Galvão pergunta "E você brasileiro, tá a fim de ver tempo extra?" - E eu respondo: "Sim, tô... o problema é só a narração mesmo, hahaha." Aliás, se der tempo extra nesse jogo da Argentina, vai ser uma chatice aquele assunto de que "o time cansa mais, se desgasta mais para os próximos jogos, etc, etc, etc nhe nhe nhe". Quando eu era mais novo eu jogava umas três partidas seguidas de tão fominha que eu era. Isso, que a rapaziada não tinha preparo nenhum, era só fome de bola mesmo. Agora esses caras altamente preparados, não podem jogar trinta, quarenta minutos a mais?! Ah... pára.
16:35 - Sai Cambiasso (aquele da enfiada) e sai Crespo. Entram Aimar e Tevez.
16:36 - "O jogo vai ficando dramático" pela segunda vez no jogo. A primeira tinha sido no primeiro tempo. E tinha sido só um prognóstico, na verdade. Tipo... "No segundo tempo, vai ficar dramático".
16:40 - Ainda que mal lhe pergunte... "Sorin" não é o nome de um remédio para desentupir o nariz?!...
16:46 - entra o brasileiro "Zinha". Guenta o Galvão e seu ufanismo.
16:47 - E o Galvão canta mais uma vez aquela musiquinha da torcida argentina.
16:50 - Pela quadragésima nona vez o Galvão nos avisa que vai ter tempo extra.
16:52 - Acabou esse joguinho milonguento.

Agora vamos ver o México fazer um gol no primeiro minuto e segurar até o final. Prepare o seu coração. Vai ser dramático. hehehehehe.

PRIMEIRO TEMPO EXTRA
16: 59 - O Galvão pergunta pro Arnaldo explicar o que vem agora. O Arnaldo começa a narrar o juiz jogando a moeda. hahahahaha. Hilário...
17:00 - Pausa para eu comer uns biscoitos.
17:01 - Segundo o Galvão, o Pac-Man, técnico da argentina, está preocupado. Será?!
17:02 - Segundo o Falcão, a Argentina de hoje é diferente da Argentina das outras fases.
17:04 - Falta do Riquelme. Tinha que expulsá-lo do jogo e bani-lo do futebol.
17:05 - Gol da Argentina. Que pena. Meu prognóstico do intervalo se mostrou inóquo.
17:06 - Podem falar o que quiserem, mas esse time do México é ruim demais.
17:10 - O técnico Argentino da seleção mexicana se abate com a vitória parcial de sua pátria mãe tão querida.

SEGUNDO TEMPO EXTRA
17:15 - Argentino fazendo milonga, caido pra cá, enrolando pra lá... Ah. ficou sem graça.
17:23 - A Argentina se fecha cada vez mais. O perigosíssimo México sufoca dramaticamente a Argentina, encurralando-a em seu campo. A Argentina parece um animal acuado. Tá bom.
17:24 - Finalmente apareceu o "Toca me voy" Argentino. Segundo o chato do Galvão. Acho que ele tem olho clínico para o "Toca me voy" argentino, que apareceu para ele numa visão.
17:26 - Ah, timinho, esse do México.
17:30 - O que dizer? Essa copa não tá revelando grandes surpresas mesmo, como aconteceu na última.

Finalmente acabou esse futebol enrolado com essa narração amassada.
Abração.

Nenhum comentário: