quarta-feira, 12 de abril de 2006

visão de futuro - big bróder

Todos os seres humanos nesse distante 2.200 DC possuem dentro de si um equipamento minúsculo que o identifica no mundo. Um chip especial que possui várias funções.

Uma delas é a de localizador: aparecemos na telinha do Microsoogle Earth, um software do governo terceirizado não deixa a gente sossegado em lugar nenhum. E não só nos localiza, como também transmite nosso estado. Que é para registrar se estamos nervosos, tristes, alegres, infelizes, sentindo prazer, etc. Dizem que é informação estatística médica.

Hoje o governo privado sabe exatamente quantas pessoas estão sentindo dor, sofrendo, ou sorrindo, ou tendo alguma manifestação de alegria... e o local exato. Não da manifestação... da pessoa.

Outra função é financeira. Toda transação financeira passa pelo danado do chip. Eu era pequeno mas me lembro até hoje, quando meu avô carregava aquela carteira enorme cheia de cacarecos... cartões, dinheiro, talão de cheques, documentos... hoje não tem nada disso. Tá tudo no chip!

"Governo privado" é outra coisa interessante nesse mundo contemporâneo. O poder público, antes público, foi todo tercerizado para os bancos, há séculos famosos por sua eficiência. Eles formaram um conselho, elegeram um staff, e assumiram a sigla OOO. Onipotentes, oniscientes e onipresentes.

Nenhum comentário: