quarta-feira, 8 de março de 2006

gripe aviária

O mundo se deparou nas últimas semanas com o alerta vermelho de um vírus descoberto lá pelos idos de 2004, chamado H5N1 que as aves contraem facilmente entre si e que, eventualmente, repassam a seres humanos.

O problema parece ser bem sério já que se o vírus desenvolveu sua capacidade de tranpor o limite animal-homem, o que torna a mutação necessária para a transmissão homem-homem uma questão de tempo.

E considerando que a relação entre infectados e mortos entre humanos ultrapassa os 50%, também parece bastante real que, considerando a hipótese acima, tenhamos uma epidemia de níveis globais que jamais como jamais foi visto antes.

A Organização Mundial de Saúde estabeleceu essa doença como o "principal risco global" da atualidade, capaz de arrasar economias inteiras, enfim, abalar a estabilidade mundial. Tavlez mais do que a AIDS. Portanto, cuidemo-nos.

Nenhum comentário: