segunda-feira, 27 de fevereiro de 2006

seria... eu disse SERIA....

Carnaval: no começo, ainda garoto, eu achava bonito, interessante. Com o tempo comecei a ficar constrangido com o que era exibido. Depois fui ficando chocado. Hoje, eu acho um espetáculo da distorção, do nojento e do apelo sexual mais fuleiro, mais baixo.

Infelizmente não dá pra ver carnaval. Até as "chamadas" que a TV faz são constrangedoras. O orgulho carnavalesco, revestido de utopia e fantasia está lá... mas na prática o que se vê são corpos mal cobertos, mulheres nuas, um convite velado (na verdade nem tão velado) a um exagero libertino.

Dá pena do nosso País. Numa terra de tanta pobreza material, soma-se a miséria de espírito.

Nenhum comentário: